Alunos criam empreendimentos a partir de conhecimentos adquiridos em disciplinas

Alunos de Agroindústria do Polo Vera Cruz criaram empreendimentos a partir de trabalhos desenvolvidos em disciplinas do curso técnico. Os produtos oferecidos são variados: água de côco envasada, bolo de pote, bolo tradicional, cocada, dindim gourmet, mousse e sanduíche natural.

O projeto teve início na disciplina de Gestão Ambiental e Agroindustrial e será concluído na disciplina de projetos. Inicialmente, os alunos identificaram as necessidades nas localidades onde moram e, a partir desse levantamento, decidiram criar seus produtos.

Coletivamente, foram definidas as funções de cada integrante. Cada grupo tem um administrador e responsáveis pelo financeiro, marketing, produção e vendas. Feito isso, iniciaram os trabalhos de produção e comercialização.

A comercialização foi realizada na escola, na feira-livre, no bairro, através das redes sociais e ainda nas comemorações dos 55 anos do município de Vera Cruz em março.

Na primeira etapa do projeto foi feita uma apresentação mostrando o valor do investimento, o processo de produção e um livro com os relatos iniciais das atividades.

O trabalho apresenta objetivos importantes para o desenvolvimento profissional dos futuros técnicos em Agroindústria. Associando os conhecimentos práticos e teóricos, trabalhamos bastante as funções administrativas e de gestão.

Também estão sendo trabalhadas questões relacionadas à liderança, às necessidades do mercado, ao surgimento das organizações e ao trabalho em grupo. “Além desses objetivos, algo muito importante é trabalhar o empreendedorismo, apresentando possibilidades de trabalho e renda”, avalia a professora Valdelice Santiago.

“Estou muito satisfeita com os resultados iniciais de cada grupo. Observo a evolução de cada aluno na atividade e vejo o quanto isso tem contribuído para o crescimento deles, despertando-os para atividades econômicas que até então nem haviam imaginado poder desenvolver”, complementa a professora.

Ela conta ainda que a turma está conseguindo aplicar conhecimento de disciplinas vistas anteriormente no curso. “Um exemplo é o controle higiênico-sanitário aplicado aos produtos que estão comercializando. Fico feliz em ouvir que alguns deles pretendem continuar com o empreendimento”, comemora a docente.

A aluna Luciene Silva aprova a metodologia utilizada. “Foi o melhor trabalho que fiz até agora no curso. A gente vai aprendendo a lidar com as situações reais e a entender como as coisas funcionam realmente. A pedir desculpas e a desculpar. E é muito prazeroso vê tudo dando certo”, conta.